18 de jul de 2011

Rede passa de micro a média com anúncio de mulher-gato.

Comerciais caseiros nem sempre trazem resultados insatisfatórios ao negócio.
A rede moveleira Sylvia Design, da empresária cearense Sylvia Araújo, 38, é um exemplo.

Criada há oito anos, a empresa deixou de ser micro para tornar-se de médio porte devido, principalmente, aos comerciais em que a própria executiva veste-se de mulher-gato para anunciar improvisadamente seus produtos.
O sucesso foi tanto que o logo da marca tornou-se a foto da empresária fantasiada.

"Cheguei em São Paulo sem nada e, para conseguir clientes, gravava comerciais implorando para as pessoas conhecerem minha loja", recorda a empresária, que atuou durante 13 anos como gerente de loja de móveis.

As peças publicitárias -consideradas bregas por muitos 
telespectadores- foram responsáveis pelo chamariz de clientes e pela fúria da concorrência, afirma ela.
"Acredito que minha espontaneidade seja o diferencial da marca", considera Sylvia, que recentemente tornou-se atriz da Rede Record. 
"Descobri que a estratégia daria certo quando comecei a incomodar os concorrentes", completa.

Apesar de caseiros, os vídeos, que são exibidos em diversos canais, levam 10% do faturamento da rede -montante não divulgado pela empreendedora. "Oferecemos produtos exclusivos para os telespectadores", diz ela, que anuncia tanto na TV aberta como na fechada.

Com seis megalojas na capital paulista, Sylvia almeja explorar a região do ABC Paulista. 
Para isso, pretende ampliar a veiculação de suas propagandas e dialogar mais com o público-alvo: a nova classe média. "Quem quer vender precisa aparecer."

Por: Patricia Basilio.

Visite uma das lojas:

 Av. Zaki Narchi, 139 - Santana.

Tuiuti, 1547 - Tatuapé.

Av. Raposo Tavares Km 14,5.

Av. Zaki Narchi, 42 - Santana.

Av. Joaquina Ramalho, 408 - Vl. Guilherme.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita!
Volte sempre!
Sylvia Design.